PsicoAlentejo – Portalegre

Consultas de Psicologia Crianças, Jovens e Adultos | Orientação Vocacional | Terapia da Fala


Consultas de Psicologia Comparticipadas pelo Seguro de Saúde

A Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP) e a AXA Portugal, Companhia de Seguros S.A., estabeleceram através da SABSEG S.A. um protocolo que permite que os Clientes AXA passem a ter acesso a consultas de psicologia comparticipadas pelos seus seguros de saúde, desde que contratada a respetiva cobertura.

PDF: faqs_consultas_de_psicologia

No âmbito deste protocolo, as pessoas seguradas podem usufruir de consultas de psicologia em pacotes de 12 ou 18 sessões, de acordo com as suas necessidades e sem obrigatoriedade de pré-aviso. Paralelamente, as pessoas seguradas não dependem de outro profissional de saúde para lhes prescrever a consulta, podendo, simplesmente, marcar a consulta diretamente com um psicólogo devidamente inscrito na Ordem.

Com a assinatura deste protocolo, a Ordem dos Psicólogos Portugueses e a AXA Portugal pretendem contribuir para o bem-estar dos utentes, os quais passam a usufruir de um âmbito mais alargado de cobertura, incluindo agora as consultas de Psicologia.

FAQ’S

1 – Como pode o Cliente aderir à cobertura de Consultas de Psicologia?

Para poder aderir à cobertura de Consultas de Psicologia, o Cliente terá que possuir com a AXA um seguro de saúde Vitalplan nos planos Essencial, Equilíbrio, Pleno e Unique (não estão abrangidos os planos Small, Medium, Large, Extra Large, Prata, Ouro e Platina).

2 – Qual o período de carência?

A cobertura de consultas de psicologia possui um período de carência de 3 meses (90 dias) de acordo com o disposto na alínea d) do artigo 13º – Períodos de carência das Condições Gerais do Seguro de saúde Vitalplan.

3 – O que garante a cobertura de Consultas de Psicologia?

A cobertura de consultas de psicologia do Vitalplan garante, nos termos abaixo indicados, o reembolso das despesas efetuadas pela Pessoa Segura com consultas de psicologia desde que prestadas ou realizadas por profissional de psicologia, devidamente credenciado para o exercício da sua atividade devendo este ser obrigatoriamente membro da Ordem dos Psicólogos Portugueses.

Esta cobertura garante apenas consultas e não outra forma de assistência psicológica.

A cobertura de consultas de psicologia, está disponível em duas opções:

  • 12 Consultas de Psicologia – pacote de 12 consultas de psicologia por anuidade por pessoa segura,  com percentagem de comparticipação de 60% e com limite máximo de reembolso de  40,00€ por consulta.
  • 18 Consultas de Psicologia – pacote de 18 consultas de psicologia por anuidade por pessoa segura,  com percentagem de comparticipação de 60% e com limite máximo de reembolso de  40,00€ por consulta.

4 – Caso consuma o número total de consultas, a Pessoa Segura pode adquirir um novo pacote durante a anuidade?

Não. A cobertura de consultas de Psicologia é contratada por anuidade, pelo que se a Pessoa Segura esgotar as consultas disponíveis, não poderá durante o decorrer da anuidade, contratar um novo pacote. O conjunto de consultas de psicologia contratadas ficará novamente disponível quando ocorrer a renovação do contrato.

5 – Num mesmo contrato, podem existir diferentes pacotes de consultas de psicologia?

Não. Por apólice, não podem existir diferentes pacotes de consultas. Assim, o cliente deve optar por um dos pacotes disponíveis (pacote de 12 ou 18 consultas), sendo esse o pacote aplicável para cada uma das pessoas seguras (um pacote por pessoa). Neste sentido, num mesmo contrato, não podem coexistir dois pacotes de consultas de psicologia distintos.

6 – O psicólogo tem que fazer algum acordo com a AXA Portugal, ao nível do custo da consulta?

Não. O psicólogo devidamente credenciado para o exercício da sua atividade e obrigatoriamente membro da Ordem dos Psicólogos Portugueses, faz a faturação habitual da consulta ao Cliente. Após envio do recibo original, o valor da consulta será reembolsado pela AXA ao Cliente, de acordo com as condições da apólice.

7 – Como posso esclarecer dúvidas ou obter mais informações sobre o seguro de saúde Vitalplan da AXA?

Para qualquer questão ou mais informações, deverá contactar o segurador através dos canais habituais.

Contactos:

Telefone – 00351 211 920 804

Email – psicologos@sabseg.pt

PDF: faqs_consultas_de_psicologia

Anúncios


Primeira Consulta de Psicologia: O que devo saber?

As primeiras consultas são um período de avaliação para o cliente e para o psicólogo:

  • O cliente deverá ficar a saber como funcionam as consultas e decidir se quer continuar e iniciar o processo terapêutico. Será sempre ao cliente que cabe a escolha. Pode sempre colocar as suas dúvidas e questões. É essencial que se sinta confortável e seguro com o psicólogo, assim como sinta que este o compreende e aceita. A relação entre psicólogo e cliente começa aqui.
  • O psicólogo, neste primeiro contacto, ouve as queixas, traça objectivos de intervenção e faz uma proposta de trabalho ao cliente. Além disso explica o método de trabalho que utiliza, o valor e a periocidade das sessões. A confidencialidade é um valor e um princípio muito importante para os psicólogos. À partida, nada do que é dito em situação de consulta poderá “transpirar” para fora do consultório.
 Perguntas que o psicólogo tentará clarificar na primeira consulta:

  • Qual é a minha queixa?
  • Qual é o meu pedido de ajuda?
  • O que pretendo/espero obter do trabalho do psicólogo?

Consultas com crianças e adolescentes

A primeira consulta acontece somente com os pais da criança ou adolescente (ou seus representantes legais) e tem como foco central o conhecimento do que os preocupa e motiva o pedido de consulta. Na consulta seguinte é realizada a entrevista com a criança ou o adolescente. Caso o psicólogo e os pais considerem pertinente, poderão ser também contactados outros familiares ou pessoas significativas na vida da criança ou do jovem, de forma a completar ou acrescentar informações.

O psicólogo privilegia o envolvimento dos pais nas consultas, considerando que para uma ajuda eficaz este processo deve ser partilhado. Assim, os pais são convidados a ser uma espécie de co-terapautas, ajudando a criança a continuar a aplicar em casa práticas iniciadas em consulta.

Arnaldo Trindade

Membro da Ordem dos Psicólogos

Cédula Profissional n.º 14652

marcacao de consulta


Desemprego por Curso

Sabe qual é a relação entre cada curso superior e a taxa de desemprego dos recém-licenciados?

Fazer as escolhas certas para o futuro é um dos problemas dos jovens, numa altura em que a taxa de desemprego atinge valores históricos, sobretudo entre os jovens diplomados. O site PorCurso é um ferramenta útil a quem procura respostas e por ajudar a encontrá-las.

O site PorCurso é uma iniciativa da startup portuguesa Appscot que pretende que a ferramenta seja uma ajuda para os alunos e os encarregados de educação na hora de tomar decisões sobre o curso a escolher.

No site PorCurso os dados são apresentados de forma visual e dinâmica, com gráfico interativos que podem ser explorados de forma fácil clicando num curso, universidade ou área para filtrar a informação.

A base da informação são os dados do instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) e da Direção Geral de Estatísticas da Educação e Ciência, relativas a Dezembro de 2013, como explica a nota técnica.

Mesmo com a indicação de que os resultados não refletem a qualidade dos cursos, mas apenas a sua relação com o desemprego, e que só estão presentes cursos e universidades com diplomados registados no IEFP, a informação dá aos visitantes uma visão geral sobre as escolhas com mais saídas profissionais, o que se pode tornar muito útil na altura de tomar decisões.


Pode também estar interessado em:

Orientação Vocacional e Profissional para jovens do 9.º e 12.º ano


A PsicoAlentejo e a promoção do potencial humano

imagem1

A marca PsicoAlentejo foi concebida e desenvolvida pelos psicólogos Arnaldo Trindade e Ana Sofia Trindade, de forma a agregar um conjunto de projetos e frentes de intervenção que vão desde a prestação de consultas de psicologia educacional em contexto privado até à realização de parcerias com associações de pais, escolas, universidades seniores, Instituições Particulares de Solidariedade Social, empresas ou mesmo entidades públicas que solicitem consultoria ou o desenvolvimento de projetos comunitários a médio ou longo prazo.

Empreender no Alentejo não é tarefa fácil, porém as necessidades e carências sentidas pelas populações na área dos cuidados de saúde mental, suscitaram nestes dois psicólogos formados em Évora, a energia necessária para criar a sua própria oportunidade de trabalho. Disciplina, autonomia, flexibilidade e não virar costas às adversidades são valores constantes no quotidiano deste projeto com dezoito meses de existência.

A prestação dos serviços PsicoAlentejo tem vindo a funcionar em parceria com clínicas nas localidades alentejanas de Portalegre, Campo Maior, Borba e Estremoz, sobretudo no âmbito da realização de consultas de psicologia educacional, orientação escolar e vocacional, avaliação psicológica, treino de métodos e hábitos de estudo e desenvolvimento de competências sociais e emocionais de crianças e jovens. Em parceria com associações de pais, a PsicoAlentejo disponibiliza workshops de treino de competências parentais, bem como programas de promoção da inteligência emocional e programas de promoção cognitiva para estudantes.

Neste sentido, um dos princípios orientadores das ações dinamizadas pela PsicoAlentejo passa precisamente por desmistificar a visão redutora da Psicologia enquanto resposta exclusivamente direcionada para a intervenção em problemas ou situações negativas. A ajuda psicológica tem também o potencial de criar oportunidades de autoconhecimento, crescimento pessoal e aperfeiçoamento de competências. Esta premissa permitiu desenvolver o projeto “Ginásio do Cérebro”. Destinado a populações de todas as idades, aplica os conhecimentos da psicologia aliados às estratégias do neurofitness, com o intuito de promover e estimular capacidades cognitivas fundamentais. Pode beneficiar os seus utilizadores, por exemplo, na resolução de problemas diários, manutenção da atenção num determinado objetivo ou procedimento, concretização de metas pessoais, escolares e profissionais ou até pelo simples prazer de manter a menta ativa, criando reservas cognitivas muito importantes para a preservação da autonomia e flexibilidade mental ao longo do processo de envelhecimento.

As aspirações dos dois psicólogos para o futuro da PsicoAlentejo passam por uma maior abrangência territorial no Alentejo, sendo para isso estratégico o estabelecimento de novas parcerias, com vista à sua consolidação enquanto agente de mudança na comunidade através de projetos não só de psicologia, como também nas áreas da consultoria, desenvolvimento pessoal e formação profissional no âmbito das soft skills, que permitam elevar o potencial do capital humano da região alentejana.


Quais os cursos com mais saídas profissionais em 2014 ?

Quais os cursos que vão ter mais saídas profissionais no ano de 2014 em diante?

Veja o vídeo e a explicação em baixo.

  • Cursos profissionais na área das novas tecnologias: este é provavelmente o sector onde irão surgir mais oportunidades de emprego nos próximos anos, e como tal, é uma área que deve considerar bastante frequentar. É um sector vasto, que abrange desde a criação de websites, desenvolvimento de aplicativos para telefones móveis, manutenção e reparação de computadores, manutenção industrial, instalação de redes informáticas, entre outros. Existem diversas áreas que estarão em destaque nos próximos anos e caso pretenda conhecer com mais detalhe algumas das melhores escolas e cursos profissionais na área, poderá pesquisar no nosso portal pois já desenvolvemos inúmeros artigos nesta secção.

  • Cursos profissionais na área do turismo: é um dos tecidos económicos que mais pessoas emprega em Portugal e a tendência é aumentar pois ainda há muito por explorar. O sector do turismo envolve vários sub sectores que vão desde a gestão e animação turística, a hotelaria ou a restauração. Nos últimos anos, já se notou um grande crescimento de turistas em Portugal e nos próximos a tendência é aumentar ainda mais pois reunimos condições ímpares para este tipo de pessoas, aliando boa gastronomia, história, cultura, segurança e modernidade. Confira os vários cursos que já demos a conhecer utilizando o campo de pesquisa.

  • Cursos profissionais na área das energias renováveis: é um mercado extremamente recente que no entanto, fruto das boas políticas de anteriores governos, colocaram Portugal no lote de países mais desenvolvidos em termos de exploração de energias renováveis. Sector que está bastante carenciado de profissionais com qualificações intermédias e superiores, o mercado das energias renováveis tem tudo para se assumir como um grande pilar da nossa economia e como um sector que vai contribuir positivamente para a nossa balança comercial através da redução da dependência energética exterior que actualmente temos.

  • Cursos profissionais na área da saúde: apesar de ser um mercado onde já há muitas pessoas formadas, a área da saúde e bem estar, que vai desde a medicina convencional, farmácia, assistentes de saúde, enfermeiros, veterinários, medicinas alternativas, geriatria, etc, continua a ser um sector onde com taxas de empregabilidade elevadas para quadros intermédios e superiores, além de que consegue garantir uma boa estabilidade profissional e financeira em grande parte dos casos, sendo que, é tendências e continuidade desse panorama, principalmente devido ao problema demográfico que se vive em Portugal.

  • Cursos profissionais na área da agricultura: um sector de enorme potencial em Portugal que infelizmente foi abandonado na década de 90 aquando da entrada na União Europeia, a agricultura dá sinais de poder vir a ser um importante pilar da nossa economia, pois Portugal reúne excelentes condições para o cultivo dos mais variados alimentos devido ao seu clima mediterrâneo. Além disso, é um sector em que o Estado está a apostar bastante com várias linhas de financiamento, sendo um excelente mercado para quem tem espírito empreendedor e pretende criar o seu próprio emprego.

  • Cursos profissionais na área do calçado: de toda a indústria ligada à moda, o calçado foi dos que conseguiu aguentar-se perante os obstáculos da crise económica europeia e da globalização e parece actualmente estar a viver uma das melhores fases, com os números das exportações de produtos de luxo a aumentar consideravelmente. É um bom mercado para se frequentar uma formação técnica pois existem poucos profissionais qualificados no sector, e é também um excelente mercado para empreender, principalmente com o auxílio das ferramentas digitais que hoje permitem vender para todo o Mundo com grande facilidade.

Em nosso entender, estes são os cursos com mais saídas profissionais para o ano de 2014 em diante, pois tratam-se de sectores de actividade económica que vão ter crescimento nos próximos anos, e consequentemente irão gerar muitas oportunidades para trabalhadores, empresários e investidores.


Orientação Vocacional e Profissional em Portalegre e Borba – de 2.ª a 6.ª-feira.

AlgoProva - Parceiros PSICOALENTEJOBORBA - Parceiros PSICOALENTEJO